Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 27 de abril de 2016

GI(R)L FITNESS - Parte 02

Continuando a minha saga redutora de peso e medidas, ainda falando sobre alimentação vou compartilhar outra opção que funcionou muito comigo.

A crepioca..

Antes de compartilhar a receita vamos à uma pequena aula de química:

Se você assim como eu é apaixonada por pães, se sente inchada às vezes, mas ignora esse fato quando pensa no sabor da manteiga derretida naquele pão quentinho no café da manhã precisa conhecer um vilão que esconde nessa delícia, o fermento.
Ele é excelente para dar maciez e volume à bolos e pães, e no nosso organismo ele faz a mesma coisa, à medida que vai reagindo produz gás enquanto faz a massa crescer, e por ser de origem industrial, nosso corpo não consegue absorver e digerir com a mesma velocidade que os alimentos naturais.

Se sentir inchada e pesada, era uma constante na minha vida, e quando descobri a informação acima procurei logo fazer o teste da restrição e, confirmado, o pãozinho tava me "embuchando", claro que isso não quer dizer que eu não coma nunca, mas não são mais 2 todos os dias pela manhã.

Foi aí que entrou a Tapioca na minha vida, era prática, rápida e simples de fazer, mas como eu sou sou do tipo que resolve 10 coisas de uma vez, precisava de um tipo de alimento que me ajudasse a fazer o intestino funcionar de forma regular, traduzindo inserir mais fibras, e a minha escolha foi a aveia, pela intolerância a lactose (conto neste post) não poderia ser mingau, e assim começou minha história com a Crepioca.

A minha receita é básica:
500g de Polvilho Doce (não fermentado)
200g de Aveia em Flocos
200g de Aveia em Flocos Finos

Prepare esta mistura em pó e conserve na geladeira



Para preparar a sua Crepioca da Gil basta 2 colheres dessa mistura, 1 pitada de sal e 1 ovo.
Depois que tiver ficado homogêneo, despeje o conteúdo em uma frigideira sem óleo (de preferência anti aderente) já aquecida, quando tiver assada é só experimentar.

Dica Extra, você pode incrementar a receita à seu gosto, um dos meus adicionais favoritos é o orégano.

Agora vamos aos porquês:

Polvilho Doce: Derivado da Mandioca que por sua vez é rica em fibras vegetais, amido e não contém glúten.
Aveia : Rica em fibras insolúveis (digestão) e solúveis [Betaglucana], que auxiliam no combate ao colesterol; Vitaminas do complexo B e E; Minerais como Zinco, Selênio, Ferro, Magnésio, Cobre e Silício (importante para a produção de colágeno no corpo); e Proteínas (nutrem o corpo e prolongam a sensação de saciedade do corpo)
Ovo: Rico em Proteínas como a Albumina e outros aminoácidos essenciais, Vitaminas do complexo B, A e D e Lisina(que ajuda na reposição de cálcio no corpo)

Para saber no que essas coisas todas ajudam é só fazer uma busca on line ou deixar nos comentários sugestão de um post do tipo "Beleza se põe a mesa sim" (Até que eu gostei da ideia)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu recado, estarei lendo e responderei em breve...